FRASE DA SEMANA: [Quote of the Week:]
"Liturgias, antigas ou modernas, escritas ou não, são uma ferramenta humana para manter as engrenagens religiosas rodando, reproduzindo o costumeiro, ao invés de exercitar a fé na presença imediata e operação do Espírito."
Arthur Willis

Heresias de Witness Lee? Acusações do ICP


Atualmente o ICP (Instituto Cristão de Pesquisas), que é uma Organização Interdenominacional Séria, e que tem por objetivo alertar os cristãos sobre o perigo que as seitas representam, tem publicado Artigos e Apostilas à Respeito da IL(Igreja Local).
A apostila publicada pelo I.C.P era baseada em acusações falsas oriundas do livro norte-americano - "The God-Man"(O Homem-Deus) do autor evangélico e pesquisador de seitas Neil T.Duddy. Esse livro foi retirado das livrarias e seu autor processado, por conter acusações falsas e distorcidas em relação as doutrinas defendidas pela I.L, e também por trazer difamações sobre a pessoa de Witness Lee(esse foi o motivo maior do processo ter sido movido). 




1. O I.C.P afirma que a I.L não crê na Trindade.
Isso não corresponde a verdade, a declaração de fé da I.L sobre Deus é a seguinte´- "Cremos que Deus é único e Triúno- o Pai, o Filho e o Espírito - coexistindo em igualdade de eternidade a eternidade."No livro "A Revelação Básica nas Escrituras Sagradas" página 14 lemos -"Primeiro, o versículo 26 indica a Trindade divina. A palavra Elohim (Deus) é plural, e na Sua própria fala Deus usa as palavras "Façamos" e "nossa": "façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança." Os pronomes referentes a Deus estão no plural. É fácil perceber que isso implica na Trindade Divina. Alguns mestres têm salientado que quando Deus disse: "façamos o homem...", isso era uma conversa em uma reunião. A Trindade divina teve uma reunião para considerar a criação do homem. Ao criar outras coisas, não houve tal conversa registrada." No Estudo-Vida de Gênesis, página 61 lemos: "Gênesis 1:26 revela que foi realizada uma conferência pela Deidade e entre a Deidade. Dizemos "entre" porque Deus é triúno. Usando termos humanos, podemos dizer que há três Pessoas na Deidade, um Deus com três Pessoas. Não posso explicar isso. Posso apenas dizer que Deus é triúno, que temos um Deus com três Pessoas da Deidade, e uma decisão tomada..." Até mesmo no livro "A Economia de Deus", que foi usado pelo I.C.P para "provar" que a I.L é anti-trinitariana, mostra o contrário, a seguir transcrevemos um trecho da página 18 - "Estes três versículos revelam que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo estão em nós. Quantas pessoas estão em nós? Três ou uma? Não devemos dizer que três Pessoas separadas estão em nós, nem dizer que somente uma Pessoa está em nós, mas os Três-em-um está em nós."


2. O I.C.P afirma que a I.L é Modalista.
A I.L responde em sua publicação "O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais", página 20 - "O modalismo é herético. Ao invés de ensinar que os Três da Deidade:o Pai, o Filho e o Espírito Santo, co-existem eternamente, o modalismo afirma que Eles são mera manifestação temporária da essência divina. Cremos de acordo com a Bíblia, que Deus é essencialmente três em um e um em três." Ainda no livro "Revelação Básica nas Escrituras Sagradas", página 24 lemos: "Como cristãos. cremos que há somente um Deus. Crer no triteísmo, que há três Deuses, é uma grande heresia. Temos somente um Deus, todavia nosso Deus é triúno. Ele é três em sua Divindade: o Pai, o Filho e o Espírito. Todavia Ele é um Deus...Os três são distintos mas não separados. Quando o Filho veio, o Pai veio com Ele. Quando o Espírito veio, o Filho e o Pai vieram (João 14:17,23). Não cremos no modalismo, uma heresia que diz que quando o Filho veio, o Pai deixou de existir, e então quando o Espírito veio, o Filho deixou de existir, Cremos que Deus é três-um, o Pai, o Filho e o Espírito como um Deus coexistindo e coinerindo de eternidade a eternidade."


3. O I.C.P afirma que a I.L não estimula o estudo da Bíblia, e que o substitui pela prática do "orar-ler" a Palavra.
Para mostrar que essa acusação é infundada, vamos usar a própria literatura que o I.C.P usou - o livro "Orar-Lendo a Palavra". Na página 18 do referido livro lemos o seguinte -"sempre que lemos a Bíblia, não devemos somente tentar conhece-la ou entende-la, mas apropriar-nos de alguma coisa da essência de Deus para dentro de nós, assim como fazemos ao comer o alimento." Witness Lee, que já faleceu, estimulava o estudo da Bíblia, e com esse intuito escreveu o livro- "Conhecendo a Bíblia", o capítulo quatro do livro apresenta regras de hermenêutica. No livro Estudo-Vida de I João, página 91 lemos: "A palavra grega para verdade é alheteia. estudando essa palavra, consultei muitos léxicos e concordâncias. Fui ajudado especialmente pelo artigo sobre verdade no Dicionário Teológico do Novo Testamento, de Kittel. Além disso, levei também em consideração todos os versículos no Novo Testamento que usam a palavra alheteia ou uma palavra relacionada. Depois de estudar esses versículos no respectivo contexto e depois de consultar os léxicos e concordâncias, cheguei a certas conclusões acerca do significado de verdade no Novo Testamento, e essas conclusões estão resumidas na longa nota a respeito da verdade em 1:6, impressa na Versão restauração das Epístolas de João. Nesta mensagem vamos considerar somente a primeira parte dessa nota." No livro "Revelação Básica nas Escrituras Sagradas", página 47 lemos: "Como poderia a palavra estar em minha boca e em meu coração? Finalmente o Senhor me mostrou que sempre que o Novo Testamento é ensinado, pregado, lido, ou estudado por alguém com um coração sincero, o Espírito trabalha com a Palavra. Por meio do Espírito a Palavra entra no seu coração. Sem o Espírito, a palavra impressa não poderia entrar em sua boca e em seu coração."


4. O I.C.P afirma que a I.L crê em um Deus Processado, um Deus que sofre mudanças na Sua essência.
Sobre esse ponto devemos ver o que a I.L entende da expressão "Deus Processado". Quando eles falam e escrevem sobre "Deus Processado" não querem dizer que a essência Divina de Deus muda, mas que o "processo" foi em relação a experiência divina na encarnação, viver humano, sofrimento, morte , ressurreição, ascensão e entronização, ou seja, Aquele que era apenas Espírito se tornou carne, o que é bíblico e correto. Basta ler as publicações da I.L para chegar a essa conclusão. Veja alguns exemplos abaixo:

"De acordo com a revelação genuína da Bíblia, em tal encarnação, nem a natureza de Deus nem a natureza do homem foram perdidas e nem uma terceira natureza foi produzida. Cristo é um homem-Deus tanto com a natureza divina como com a natureza humana -----------------------+ existindo Nele distintamente." (Revelação Básica nas Escrituras Sagradas, página 23)

"O Espírito era primeiramente o Espírito de Deus, possuindo somente a essência divina. Mas depois que Deus, no Filho, tornou-se um homem e morreu na cruz, passando pela morte e ressurreição, e entrando na ascensão, o Espírito tornou-se o Espírito de Jesus Cristo(Fp 1:19), composto da essência de Deus e da humanidade de Jesus em Sua morte e ressurreição. O Espírito não tem mais somente a essência divina, mas tem agora, em acréscimo, a humanidade de Jesus com a morte de Cristo, a eficácia da Sua morte,a ressurreição e o poder de Sua ressurreição." (idem, pág.37)


5. O I.C.P afirma que a I.L crê na regeneração batismal
No livro de Witness Lee, "O Cristo Maravilhoso", ele deixa essa questão bem clara, vejamos:"O batismo no Espírito Santo é a realidade e o batismo na água é a expressão. A expressão sem a realidade nada significa, Romanos 6 nos diz claramente que somos batizados em Cristo, sendo sepultados com ele no batismo. Alguns dizem que Romanos 6 refere-se ao batismo em água; outros dizem que se refere ao batismo no Espírito. Corporativamente falando o batismo no Espírito é muito maior que o batismo na água. Um é a realidade, o outro a expressão. Se a expressão é apenas uma forma, ela nada significa. Nós cremos que, na Palavra Pura a realidade do batismo é do Espírito; mas precisamos de uma expressão como a do batismo na água, para expressar a realidade da imersão no Espírito Santo." (página 160) A I.L também publica uma coleção escrita por Watchman Nee - "O Evangelho de Deus" cujo volume que tem por sub-título "O Caminho da salvação" faz um estudo mostrando que o batismo nas águas não salva e nem ajuda a salvar, e na página 27 lemos: "O batismo não tem absolutamente nada a ver com a nossa salvação ou condenação diante de Deus." No livro "O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais" a I.L deixa claro a sua posição em relação a doutrina da salvação:"2.Para ser salva, uma pessoa deve ter fé viva na Pessoa e obra de Jesus Cristo, o Filho de Deus.3.A salvação eterna é pela graça através da fé, não pelas nossas obras."


6. O I.C.P afirma que a I.L é exclusivista
A I.L separa "cristão" de "denominação", para eles todo aquele que é regenerado independente de sua denominação é cristão, e que as denominações são organizações humanas e divisões no cristianismo que devem ser evitadas. Para eles a Igreja não são as "quatro paredes", mas são todos aqueles que são lavados e remidos pelo sangue de Cristo. Vejamos o que está escrito no livro "O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais" página 15, sobre "unidade" - "Devemos nos importar com a unidade por isso devemos repudiar e abominar toda divisão. Que vergonha e reprovação para o testemunho do Senhor o estado divisivo do cristianismo hoje! Na vida da igreja nos posicionamos-nos pela unidade única do Corpo de Cristo,...recebemos todos os crentes segundo a fé comum eprocuramos crescer em Cristo..." Na página 6 lemos: "Posicionamo-nos sobre a base da unidade de todos os crentes,..., reconhecemos todos os crentes em Cristo redimidos pelo sangue e regenerados pelo Espírito Santo,..." E na página 19 lemos: "Todos os domingos temos a mesa do Senhor, à qual todos os filhos do Senhor são bem-vindos para participar conosco do pão e do vinho. As reuniões da igreja são abertas e todos os crentes são livres para participarem." Num modo prático, esta visão da I.L tem limitado, pelo menos até certo nível, suas relações com igrejas denominacionais. Deus está, crêem eles, levando a Igreja Universal a uma expressão visível da Sua unidade baseada na localidade. Desde que divisões denominacionais estão erradas, a I.L não coopera com estruturas denominacionais. Todavia, uma vez que a unidade da Igreja inclui todos os cristãos, e que a I.L reconhece irmão e irmã cristãos os que não fazem parte do seu grupo,apesar da sua participação numa igreja denominacional, os membros da Igreja Local não vêem nenhuma barreira à sua comunhão com cristãos individuais de todas as denominações. Assim, a Igreja Local dá as boas-vindas a não membros em sua mesa de comunhão, e, embora não seja adotada cooperação de grupo, os membros da Igreja Local mantém fortes laços pessoais com cristãos de fora. Veja abaixo a resposta da I.L no livro "O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais", página 22: "14.Qual é a sua atitude com relação aos outros cristãos? Gostaríamos de enfatizar com toda a clareza que não cremos nem ensinamos que alguém tem de estar numa igreja local para ser um genuíno cristão. Reconhecemos que na Igreja Católica Romana, nas denominações e nos grupos independentes há muitos genuínos crentes em Cristo, lavados pelo sangue e regenerados pelo Espírito, e nós os recebemos como nossos irmãos e irmãs no Senhor. Todos os que tem fé no Senhor Jesus são bem-vindos às nossas reuniões, principalmente à mesa do Senhor, onde testificamos a unidade do Corpo de Cristo. Embora precisemos, a bem da consciência, ficarmos fora da religião organizada, não nos posicionamos à parte dos nossos irmãos e irmãs em Cristo. Na fidelidade ao Senhor, posicionamo-nos na única base da igreja a favor do testemunho do Senhor, mas não tomamos esta posição com um espírito estreito, exclusivista ou sectário. Pelo contrário, tomamos nossa posição em benefício de todo o Corpo; recebemos todos os crentes como o Senhor nos recebeu."


7. O I.C.P afirma que a I.L ensina que Adão e Satanás estão literalmente no crente
Witness Lee é muito mal interpretado pelo fato de fazer uso de constantes hipérboles quando ensina. Quando ele diz que "Adão e Satanás" habitam em nós, não quer dizer "literalmente", mas figuradamente. Em outra literatura da I.L, o "Estudo-Vida de Hebreus" página 797, lemos: "Em nós estão tanto Moisés e Arão, como Coré, Datã e Abirão. A ambição e a rebelião estão em nós." Será que Lee ensinava que os personagens bíblicos "em pessoa habitam no crente"?! É claro que não! Quando digo que "Adão está manifestando através de mim", não quero dizer que literalmente ele está dentro de mim, estou querendo dizer que estou "agindo independente de Deus, ou seja, na carne". Quando dizem por ai que alguém "é um demônio em pessoa" não quer dizer que o demônio literalmente é aquela pessoa, mas que ela "age como se fosse um demônio". A própria I.L reconhece que Satanás tem existência pessoal e separada fora da pessoa. Seria ilógico e incoerente, acreditar que o diabo e Adão, que são duas personalidades únicas e distintas, habitam pessoalmente milhares de pessoas no mundo! Até mesmo autores evangélicos ligados as denominações fazem uso de hipérbole, veja abaixo três exemplos:

"O pecado é quase um poder pessoal que age no homem e através dele." (Colin Broun)

"Com a ajuda de Deus, precisamos confesssar que às vezes refletimos Cristo em nossa vida, mas também, se não tivermos cuidado refletiremos o diabo." (Erwin W.Lutzer)

"O pecado é a verdadeira imagem do Diabo,e, também é a manifestação dos vários aspectos do seu mau caráter." (João de Oliveira)


8. O I.C.P afirma que a I.L já levou vários irmãos aos tribunais
O principal motivo da I.L levar Neil T.Duddy foi a difamação moral feita a Witness Lee. Engraçado que a I.L ainda não levou o I.C.P ao tribunal, apesar de tamanhos equívocos!


9. Outras acusações
a. A I.L crê que o homem pode se tornar Deus, como a Nova Era
A I.L responde no JAV 37 - "Não concordamos com nenhuma doutrina do movimento Nova Era, por ser totalmente contrário ao ensino da Bíblia. Essa má interpretação (ou má intenção ao ler) surge da leitura de trechos isolados de algumas publicações nossas. No tocante ao homem-Deus, o trecho mal usado está no livro Economia Divina, de Witness Lee:"Ele [Deus] não quer que você seja um homem bom, mas quer que você seja um homem-Deus"(página17). Se essa frase for citada fora do contexto, dá margem para a conclusão de que partilhamos das heresias da Nova Era....Quando cremos no Senhor Jesus, recebemos Sua vida e fomos feitos filhos de Deus(Jo 1:12,13) Em I João 5:12, 13 lemos:"Quem tem o Filho tem a vida(...)Estas cousas vos escrevi a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus." Ao crermos no Senhor. nós recebemos a Sua vida, a vida eterna (Cf.Dt 32:40). Isso torna possível vivermos não mais por nós mesmos, não mais movidos pela nossa vida natural, mas pelo Deus feito homem que, como o Espírito, vive em nós(Gl 2:19,20)...O que Deus deseja é que sua vida cresça em nós e nos controle, ou seja, que vivamos segundo a direção do Cristo que habita em nós. Por isso, Deus não deseja que sejamos homens bons, mas homens-Deus. Isso não significa(e jamais dissemos isso) que o homem vai tornar-se Deus. No livro Economia Divina isso é explicado muito claramente. ser homem-Deus é permitir que mais e mais da vida de Deus tome conta de seu ser interior, até o ponto em que todo o seu viver, minuto a minuto, seja totalmente guiado por Deus."


b. A I.L ensina que a igreja deixou de existir e depois foi restaurada por Witness Lee no século XX
Resposta da I.L: "A restauração de Deus não começou no século vinte. Embora seja difícil fixar data exata para o seu início, é conveniente estabelecê-la na época da Reforma. A restauração passou por muitos estágios desde a reforma, passando por uma restauração parcial da vida da igreja na Boêmia, sob a liderança de Zinzendorf, prosseguindo para a revelação de muitas verdades preciosas da Bíblia através dos irmãos de Plymouth, e depois continuado até a genuína experiência interior. Agora ele atingiu seu estágio atual com o estabelecimento das genuínas igrejas locais como a expressão do Corpo de Cristo."(O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais, página 8)


c. A I.L ensina que Jesus tinha uma natureza corrompida
Resposta da I.L:"No livrete 'O homem e as Duas Árvores', vemos:"Lemos em Romanos 8:3:'Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado'Quando o Senhor Jesus se encarnou, Ele era 'em semelhança da carne do pecado'.. Não havia pecado nele, mas havia 'a semelhança da carne do pecado'. O Pecado estava dentro do homem corrompido, mas não havia pecado dentro do Senhor Jesus, havia somente a semelhança da carne do pecado."(JAV,número 36)


Conclusão
As únicas acusações do I.C.P que correspondem "em partes" aos ensinos da I.L são com relação a doutrinas secundárias, tais como: o bode emissário representa Satanás; e a visão negativa do ministério de João Batista.

[Esta Parte (Abaixo) encontra-se EM REVISÃO... Desculpe. Volte mais Tarde!]
Com relação ao bode emissário, a I.L vê o trabalho do primeiro bode de forma positiva, representando Cristo, e o segundo de forma negativa, representando Satanás(crença também advogada pelos Adventistas do Sétimo Dia). Apesar de eu não assumir essa interpretação, penso como o apologista e escritor do livro "O Caos da Seita", publicado pela Imprensa Batista Regular, que no capítulo em que aborda o "Adventismo do Sétimo Dia" afirma que "uma acusação falsa é feita por aqueles que dizem que os adventistas fazem do diabo um Salvador, já que vêem o bode emissário representando Satanás", da mesma maneira penso em relação a I.L. Isso porque de acordo com o livro publicado pela I.L "Levítico:Comunhão, serviço e viver", página 267, a redenção estava vinculada a representação do primeiro bode, então vejamos "Assim como a morte de Cristo na cruz, representada pelo primeiro bode, não só redimiu-nos com Seu sangue como condenou Satanás a sofrer eternamente por todo dano trazido ao homem." Até mesmo Russell Shedd, em seu comentário sobre Levítico 16 na Bíblia Vida Nova, afirma que "Bode emissário:Heb'azazel,...Ou pode ser o nome do próprio Satanás; compare Lúcifer antes de sua queda, Is 14:12 e Ez 28:1-19 com as notas." E no Novo Dicionário da Bíblia lemos: "O termo 'azazel (em nossa versão bode emissário)...Há quatro interpretações possíveis:1.A palavra denota o bode emissário; e pode ser explicada como o bode que se vai(de 'azal) 2.É usada como infinitivo, "a fim de remover"; cf o árabe 'azala, "remover" 3. Significa uma região desolada.4.É o nome de um demônio que vagueava naquela região, derivado de 'azaz, "ser forte" e de 'el, "Deus". A maioria dos eruditos prefere esta última possibilidade, já que o nome aparece em paralelismo ao nome do Senhor. O anjo caído Azazel é freqüentemente mencionado em Enoque (6:6 em diante), mas provavelmente o autor do livro adquiriu essa idéia de Levítico 16..."

Em relação ao ministério de João Batista (Veja: Seria João Batista um Sectário?), a I.L tem uma visão negativa do fim do seu ministério, mas positiva do início. Basta lermos o JAV em que o ensino está exposto, vejamos: "Devemos tomar esse exemplo da vida de João Batista como uma advertência para nós. Por um lado podemos aproveitar as coisas positivas da sua vida; por outro lado devemos rejeitar as negativas"(JAV, página 6-"Quem é seu tesouro hoje?") A I.L vê João Batista como alguém que começou bem, mas que terminou mal, assim como o rei Saul no Antigo Testamento. Também não advogo essa interpretação, todavia não taxo os cristãos da I.L como anti-cristãos ou hereges. Falando sobre a "fé em comum", no livro "O que Cremos e Praticamos nas Igrejas Locais", a I.L deixa claro quais são as doutrinas ortodoxas do cristianismo e que ela também defende: "devemos crer que a Bíblia é a revelação completa, totalmente inspirada por Deus; que há um único Deus Triúno, o Pai, o Filho e o Espírito; que Jesus Cristo é o Filho de Deus encarnado para ser um homem; que Cristo morreu na cruz por nossos pecados, derramando Seu sangue para a nossa redenção; que no terceiro dia Ele foi corporalmente ressuscitado dentre os mortos; que Ele está voltando para os Seus e para estabelecer Seu reino na terra."(página 9)


Finalizando 
Reforço que considero o trabalho do I.C.P íntegro e que tem ajudado muitos a conhecerem as seitas e como evangelizá-las, mas como errar é humano, em matéria de informações sobre a I.L ele errou. Nos E.U.A as organizações que pesquisam sobre seitas estão reavaliando a sua posição sobre a I.L, e algumas tem voltado atrás em relação a classifica-la como seita pseudocristã, espero e oro para que o mesmo aconteça aqui. Apesar de não concordar com alguns aspectos doutrinários ensinados pela I.L, no entanto ela está longe de ser classificada como seita herética, e se tivermos consciência disso o convívio entre nós será bem melhor.



"Portanto, amados irmãos, fiquemos encorajados. Ainda há muitos servos de Deus que amam a verdade que está na Sua palavra. Esperamos que essa apologia possa ajudar muitos que foram confundidos pela ICP a serem restaurados."



Veja Também: 

2 comentários:

} }; var hasMore = function() { return !!cursor; }; var getMeta = function(key, comment) { if ('iswriter' == key) { var matches = !!comment.author && comment.author.name == config.authorName && comment.author.profileUrl == config.authorUrl; return matches ? 'true' : ''; } else if ('deletelink' == key) { return config.baseUri + '/delete-comment.g?blogID=' + config.blogId + '&postID=' + comment.id; } else if ('deleteclass' == key) { return comment.deleteclass; } return ''; }; var replybox = null; var replyUrlParts = null; var replyParent = undefined; var onReply = function(commentId, domId) { if (replybox == null) { // lazily cache replybox, and adjust to suit this style: replybox = document.getElementById('comment-editor'); if (replybox != null) { replybox.height = '250px'; replybox.style.display = 'block'; replyUrlParts = replybox.src.split('#'); } } if (replybox && (commentId !== replyParent)) { document.getElementById(domId).insertBefore(replybox, null); replybox.src = replyUrlParts[0] + (commentId ? '&parentID=' + commentId : '') + '#' + replyUrlParts[1]; replyParent = commentId; } }; var hash = (window.location.hash || '#').substring(1); var startThread, targetComment; if (/^comment-form_/.test(hash)) { startThread = hash.substring('comment-form_'.length); } else if (/^c[0-9]+$/.test(hash)) { targetComment = hash.substring(1); } // Configure commenting API: var configJso = { 'maxDepth': config.maxThreadDepth }; var provider = { 'id': config.postId, 'data': items, 'loadNext': paginator, 'hasMore': hasMore, 'getMeta': getMeta, 'onReply': onReply, 'rendered': true, 'initComment': targetComment, 'initReplyThread': startThread, 'config': configJso, 'messages': msgs }; var render = function() { if (window.goog && window.goog.comments) { var holder = document.getElementById('comment-holder'); window.goog.comments.render(holder, provider); } }; // render now, or queue to render when library loads: if (window.goog && window.goog.comments) { render(); } else { window.goog = window.goog || {}; window.goog.comments = window.goog.comments || {}; window.goog.comments.loadQueue = window.goog.comments.loadQueue || []; window.goog.comments.loadQueue.push(render); } })(); // ]]>
  1. .
    Graça e paz e amor vos sejam multiplicados.

    A verdade está em que, a maioria quer ser dono do peixe, somente eles podem dizer a verdade e mais ninguém, e quando aparecem aqueles que querem viver pela simplicidade que Cristo trouxe através do evangelho, já partem para as atitudes que não condizem com os cristãos.

    Outrossim, Deus os abençoe, adicionei também vosso link.

    Vivendo Por, Em e Para Cristo; nos interesses da Igreja que Cristo edificou.


    James, crente desigrejado de instituições religiosas com nome de igreja.
    Site Jesus, o maior Amor
    Site "Adoradores em Casas"
    Orkut "Adoradores em Casas"
    Facebook "Adoradores em Casas"
    Twitter “Adoradores em Casas”


    ...
    ..
    .

    ResponderExcluir
  2. Costumo Chamar este procedimento de "Doutrina Nicolaíta" no qual tenho publicado também um Artigo (http://umnovoodre.blogspot.com/2011/11/autoridade-eclesiastica-ou-doutrina.html)
    A Paz do Senhor seja Convosco!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...