FRASE DA SEMANA: [Quote of the Week:]
"Liturgias, antigas ou modernas, escritas ou não, são uma ferramenta humana para manter as engrenagens religiosas rodando, reproduzindo o costumeiro, ao invés de exercitar a fé na presença imediata e operação do Espírito."
Arthur Willis

Governo PT (Comunista) e Cristianismo - "Casamento" Impossível


Já faz algum tempo que o Partido dos Trabalhadores, o PT, tem mostrado com toda a clareza o que é, o que pensa, o que faz e o que pretende fazer. Quem possui a fé cristã, e conserva ainda que uma mínima capacidade de raciocínio, consegue perceber a total incompatibilidade entre cristianismo e petismo. Já dizia [o]Pio XI que ninguém pode ser ao mesmo tempo cristão e comunista, nem mesmo cristão e socialista, pois os fundamentos da fé cristã e seus princípios se opõem diametralmente aos princípios das doutrinas comunista e socialista.

Basta abrir os olhos e ver o que o PT tem feito e defendido para se concluir que o pensamento e a prática desse partido são contrários à nossa fé.

Página de Livros Eletrônicos (E-Books) ATUALIZADA!

Confira nossa Página de Livros Eletrônicos (E-Books) Recentemente Atualizada e que está em Constante Expansão. Baixe os mesmos Arquivos, Selecionados por "A New Wineskin" dentre os Maiores Autores de tudo o que há de Melhor nestes Últimos Dias na Restauração da Igreja para nós.

A mesma está Disponível com Autores tais como: Frank.A.Viola, Luciano Silva, Watchman Nee, Delcio Meireles, Caio Fábio, entre Outros...

Em Breve teremos mais Volumes de E-Books dos mesmos Autores já Publicados e dos mais Reconhecidos Nomes Relativos à Igrejas Orgânicas, Simples e Caseiras.

Todos os Livros Eletrônicos (E-Books) são ou estão Traduzidos para o Português.
Para Acessar a mesma, basta Clicar no MENU SUPERIOR [NavBar] > E-Livros [E-Books] ou Clique na Imagem Abaixo:

E-Livros [E-Books]
NÃO DEIXE DE TER ESTA EDIFICAÇÃO TÃO PRÓXIMA DE VOCÊ! Acesse já!

Igreja nas Casas - Casa, Família e Comunhão [Pt02]

Há muito que se busca um retorno à essência e à prática da igreja original tal qual se vê nas Escrituras. O maior problema nessa busca é que nascemos e desenvolvemos todo o nosso pensamento sob a influência do fruto do conhecimento do bem e do mal – inclusive sobre o que vem a ser igreja. Habituamo-nos a conceber a igreja a partir de conceitos objetivos, e é com essa mentalidade que buscamos entendê-la na Bíblia, especialmente no livro de Atos dos Apóstolos e nas epístolas. Por sermos movidos pela objetividade, é evidente que os resultados da nossa busca também são objetivos – e ficamos presos ao modelo que ali descobrimos, dentro do qual tentamos adequar tudo de forma bem rígida.

Para evitar esse processo negativo, devemos substituir nossa premissa, trocando a busca de um modelo objetivo de igreja por uma compreensão subjetiva dos ensinamentos de Jesus. A nova premissa seria que a igreja não foi resultado de um modelo institucional, mas do estilo de vida ensinado por Jesus e potencializado pelo Espírito Santo. É impossível descobrir como se originou a igreja se só a examinarmos depois de constituída. Caso a queiramos compreender, teremos de observar seus antecedentes, onde se fincaram suas bases. Enquanto o livro de Atos e as Epístolas falam abundantemente sobre a igreja em ação, é nos evangelhos que encontramos seus fundamentos.

Aguardar ou Sair das Denominações?




Sem o entendimento do mal que é o denominacionalismo e o clericalismo, e sem uma separação completa, você não terá luz para enxergar, e por isso as coisas não lhe parecerão tão claras. Não se trata de uma opção, algo como escolher reunir em A, B ou C, como se fosse apenas filiar-se a um grupo com doutrinas diferentes das encontradas nas denominações. Trata-se de voltar ao único lugar onde o Senhor prometeu colocar o Seu nome: onde dois ou três estiverem congregados ao Seu NOME, e não ao nome de A, B ou C.

Igreja nas Casas - Revolução ou Reforma? [Pt01]

As revoluções têm como característica mudar algumas partes do todo, mas, no geral, tendem a alterar a forma sem alterar o conteúdo. A reforma trabalha na essência, mudando os fundamentos.

Por exemplo, Lutero apresentou suas teses, entre as quais a do sacerdócio universal dos santos e da salvação pela fé. Isso tocou nas bases doutrinárias do catolicismo. Por isso foi uma reforma.

A ida da igreja para as casas não é uma revolução, pois não se trata de uma mera mudança na maneira ou no local de reunião. Esse mover de Deus trata de uma reforma profunda na visão, na prática e na experiência do povo de Deus. Antes de efetuar mudanças externas, portanto, temos de trabalhar com base em princípios e fundamentos.

O fundamento primordial tem a ver com uma visão de Jesus, numa profunda revelação de sua Pessoa, de forma que haja transformação no indivíduo. A consequência disso é uma mudança no entendimento do que é a igreja de Jesus. Se formos para as casas sem uma visão correta de igreja, cada casa será uma pequena denominaçãozinha, independente e autônoma. Cada um de nós pode ir para casa e ali formar um grupo à sua imagem e semelhança. E então ele se torna a melhor e mais bíblica motivação para as divisões.

Dons Ministeriais - Cargos Hierárquicos ou Funções Carismáticas? "O MINISTÉRIO QUÍNTUPLO"


MINISTÉRIO QUÍNTUPLO - Efesios 4:11-13
Pra quem não sabe o ministério quintuplo não é nenhum novo movimento, mas sim uma constatação feita pelo apostolo Paulo sobre as atividades da igreja de Cristo da época e não apenas isso, mas também a manifestação dos cinco ministérios de Jesus, pois ele foi o "primeiro apóstolo ou o apóstolo dos apóstolos (alguem enviado numa missão - significado da palavra)" veja Hebreus 3: 1, ele foi profeta, evangelista, pastor e mestre (habi) e esses cinco ministérios que havia em Jesus foram deixados para sua igreja. Paulo não criou isso, mas apenas constatou e resumiu as atividades da igreja em cinco ministérios plenamente atuante que difundiram o evangelho para o mundo.
Ele viu que na igreja muitos irmãos profetizavam, outros irmãos pastoreavam, outros ensinavam, outros evangelizavam e outros como Paulo chamados para apostolos.
Entenda que uma igreja local não tinha um pastor, um apostolo, um mestre, um profeta e um evangelista, mas sim cinco campos de trabalho onde muitos eram chamados, por isso a palavra diz: "Ele chamou uns para..." em outras versões "Ele designou alguns...".
Você pode até pensar "mas como funciona isso?" "Como fica se todos profetas profetizarem ao mesmo tempo?" É muito simples... direção do Espírito!
Sobre a direção do Espírito todas profecias convergiam para um fim comum, plenamente confirmado pelo Espírito.
Você pode perguntar quem mandava na igreja, tendo tantos pastores e apostolos? Obviamente Cristo, que é o cabeça e seu Espírito Santo, aqui o sentido de hierarquia não funciona, mas o de respeito, obediência e amor é claro. Não é atoa que o Senhor lavou os pés de seus discípulos e falou "Vocês também devem lavar os pés uns dos outros...(João 13:14)".
Hoje temos mais ministérios na igreja do que deveria, alguns inúteis, alguns são até motivo de disputa ferrenha, em contra partida o ministerio quíntuplo foi abafado e quase extinto por líderes que preferem centralizar todos ministérios e títulos só pra eles e seus "preferidos". Quantos Evangelistas estão sentados nos bancos? Quantos profetas estão calados? Quantos pastores sem oportunidades? Cadê os apóstolos que vão as cidades e nações? TODA A IGREJA TEM QUE ESTAR ATUANTE! CHEGA DE BANCO E DE QUATRO PAREDES!
Jesus é o Senhor da igreja, vamos então deixar o Senhor governá-la!
Deixem o Espírito Falar e ouçam seus comandos!
Meditem no versículo: ASSIM DIZ O SENHOR! "Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honram com os lábios mas o seu coração está longe de mim. A ADORAÇÃO QUE ME PRESTAM É FEITA SÓ POR REGRAS ENSINADAS POR HOMENS" (ISAIAS 29:13)

Após 4 Anos do Lançamento de "CRISTIANISMO PAGÃO", Frank A. Viola e George Barna dão Entrevista Exclusiva sobre o Livro

Livro Cristianismo Pagão




Já faz quatro anos desde que George Barna e Frank Viola lançaram Cristianismo Pagão. Joe Miller esteve recentemente conosco, realizando a primeira entrevista exclusiva em quatro anos do Lançamento do Livro Cristianismo Pagão.
As Perguntas de Joe foram excelentes.
Vamos à entrevista: 


Refutação ao Desafio de Silas Malafaia feito aos Blogueiros

O Pr. Silas Malafaia desafiou os blogueiros e sites cristãos, para que apontassem as heresias de sua pregação do dia 02/06/12, Uma Vida de Prosperidade. Esse vídeo é uma refutação aos ensinos enganosos do tal pastor. Uma das muitas pérolas ditas por ele nesse vídeo:

"A Graça de Deus é favor IMERECIDO de Deus. A oferta tem o poder de chamar a Graça de Deus para o ofertante".

Ora, como alguma coisa tem o poder de chamar, atrair, uma coisa que é imerecida, sem merecimento, como o é a Graça de Deus?

Malafaia tenta, nessa pregação, vender a Graça e outras bênçãos em troca da oferta. Pena que ele use pedaços de versículos para justificar sua doutrina herética.

Somos a favor de ofertas, para serem usadas conforme diz na Palavra: para o socorro aos pobres, não para o engrandecimento de impérios midiáticos e eclesiásticos. Que Deus abra os olhos do Seu povo.





by technology

A Explicação da Igreja - O que é a Igreja? - T. Austin Sparks

T. Austin Sparks
"Esta é uma pergunta que com muita frequência tem sido levantada por muitos entre o povo que professa o nome do Senhor. Alguns perguntam com sinceridade, com verdadeiro desejo de receber do Senhor luz e entendimento. Outros a fazem, e infelizmente, não diante de Deus. Fazem-na apenas buscando oferecer as respostas que mais satisfazem seus próprios corações e suas próprias cobiças. E daí, a cada ano, década e mesmo a cada século que tem passado, vemos uma situação tão caótica e com grande afastamento do propósito original de Deus em Cristo Jesus para a Sua Igreja.
Que loucura o que vemos hoje no meio da chamada cristandade! Quanta edificação de um nome que não o do Senhor. Nos faz lembrar o desejo e a expressão proclamada antes de Babel: ”…eia, edifiquemos uma cidade e uma torre…e tornemos célebres o nosso nome”. E a consequência foi a confusão de línguas! Quanto desejo de edificação de “domínios”, “impérios” e tudo em nome de Cristo. Muitas coisas feitas de uma forma que até mesmo o mundo se escandaliza. E no entanto, tudo isso tem sido chamado de “igreja”.
Deixo abaixo com você o artigo de Austin Sparks que li hoje pela manhã onde ele dá uma resposta a essa pergunta. É certo que esta não é uma resposta completa, mas certamente ela mostra algo que está no coração de Deus.
Que o Senhor possa iluminar os olhos do nosso entendimento e que sejamos encontrados por Ele edificando aquilo que permanecerá diante dEle."

Billy Pinheiro 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...